Lexapro – Bula, efeitos colaterais

Informe-se, acabe com os mitos sobre os remédios antidepressivos e cuide da sua saúde.

Escrito por -


Pode ser que seu psiquiatra de confiança tenha te recomendado o Lexapro. É comum você sentir curiosidade de ler a bula e ficar assustado ou não entender muito bem, mas não se preocupe! Te explicaremos tudo sobre o remédio aqui.

Mesmo atingindo mais de 120 milhões de pessoas no mundo, segundo a OMS, a depressão e outros distúrbios psicológicos ainda são tabu na nossa sociedade. Porém, devemos encarar esses transtornos como quaisquer outras doenças: você precisa saber sobre ela e tratá-la da forma mais apropriada.

Assim como portadores de reumatismo, por exemplo, precisam fazer fisioterapia, quem sofre de alguma doença psicológica deve fazer terapia psicológica, pois essa é a única forma de atingir a tão desejada cura.



É também importante procurar a ajuda de um psiquiatra, que pode determinar um tratamento medicamentoso para acompanhar o psicológico.

bula lexapro
(Foto: Acne e Espinhas)

Veja também: Luftal – Bula, Para que serve

Lexapro – Bula, efeitos colaterais

Você encontra o Lexapro por cerca de R$185,00 na caixa com 28 comprimidos de 10mg. A versão genérica, escitalopram, é vendida por cerca de R$50,00 na caixa com 30 comprimidos de 10mg, por isso converse com seu médico sobre a possibilidade de tomar o genérico.

Os efeitos colaterais mais comuns, que atingem cerca de 10% dos usuários, são náusea e dor de cabeça. Entre 1% a 10% dos pacientes sentiram oscilação do apetite, nariz entupido, diarreia, sudorese ou alguma dor muscular, além de aumento do peso.

Caso tenha qualquer efeito colateral sério, suspenda o uso e converse com seu médico.

E antes de começar a tomar o medicamento, leia a bula para ter acesso a todas as informações relacionadas a ele.

Para que serve o medicamento Lexapro?

para que serve lexapro
(Foto: Fãs da Psicanálise)

Lexapro (oxalato de escitalopram) é um medicamento da classe dos antidepressivos, sendo recomendado para tratamento de depressão, síndrome do pânico, ansiedade generalizada, fobia social e outros distúrbios psicológicos.

Como a maioria desses remédios, seu corpo precisa se ajustar e você provavelmente se sentirá melhor depois de duas semanas fazendo o uso. Caso esse período passe e você ainda não   sinta mudanças significativas, contate o seu médico psiquiatra.

Leia mais: Hixizine – Bula, Para que serve

Quais os efeitos do remédio Lexapro?

Remédios como Lexapro, sejam antidepressivos, ansiolítico ou outros, vão tratar os sintomas da depressão ou outro mal que você possui, porém lembre-se: remédios antidepressivos tratam os sintomas, e não as causas.

O medicamento age no sistema nervoso, corrigindo concentrações inadequadas dos neurotransmissores, especialmente a serotonina, que causam os sintomas das doenças já citadas.

É importante saber que se você for alérgico a qualquer componente do seu remédio ou possui arritmia, não deve tomar o Lexapro. Se estiver grávida, converse com seu médico.

O Lexapro não potencializa os efeitos do álcool, mas é recomendado não ingerir álcool durante o tratamento.

Lembre-se de informar seu médico todos os medicamentos que você toma, para evitar interações negativas.




Lexapro – Bula, efeitos colaterais
Avalie!