Sinvastatina – Bula, Para Que Serve, Como Tomar, Efeitos Colaterais

Informe a todos os seus médicos que você está tomando sinvastatina caso ele lhe prescreva um novo medicamento, isso pode evitar problemas musculares mais graves

Escrito por -


Buscando informações mais precisas da bula da Sinvastatina? Ter conhecimento sobre os componentes, efeitos e contra indicações quanto ao uso de medicamentos é um direito de todo o cidadão brasileiro.

Para isso, todo medicamento no território nacional só pode ser comercializado desde que possua a bula, que consiste em um texto com todos os conjuntos de informações acerca do medicamento.

A sinvastatina é um dos medicamentos indicados a doenças cardiovasculares mais utilizados no Brasil. Saber de seus efeitos, componentes e modos de atuação no organismo é de extrema importância.



Saiba então sobre seus efeitos, mitos e verdades neste site!

Bula do Sinvastatina 

A bula da Sinvastatina pode ser visualizada no site da Anvisa. Ela é composta pelo grupo de moléculas chamado estatinas, que atua no nosso organismo atenuando a produção do corpo do colesterol “ruim”, o LDL.

Por essa razão é indicada a pacientes com problemas cardiovasculares. Seu uso deve ser sempre conduzido junto a uma dieta alimentícia.

Para que serve?

A sinvastatina é um dos é um componente medicinal indicado para todos pacientes com problemas cardiovasculares. A medicação serve para controlar a produção de colesterol pelo corpo, cooperando para a qualidade do sangue.

Por essa razão, ela colabora na saúde cardiovascular, mantendo o sangue mais limpo e evitando que o mesmo leve a problemas generalizados para aqueles com mais disposição a infartos, por exemplo.

sinvastatina bula
Tome Sinvastatina conforme a prescrição médica. (Foto: Núcleo Vagapara)

A sua atuação é centrada no fígado, onde o composto aumenta a captação do órgão das moléculas de LDL, permitindo que o mesmo seja expulso do organismo mais rapidamente.

Saiba ainda: Dexametasona: bula, para que serve, posologia, efeitos colaterais

Sinvastatina Emagrece: Mito ou Verdade?

Muito se discute no âmbito popular que o medicamento colabora para o emagrecimento, já que combate a produção de colesterol.

Entretanto, o emagrecimento pode ser apenas um efeito colateral da ação de seu componente no organismo, e não necessariamente é este o seu fim. Assim, o uso de sinvastatina como medicamento para emagrecer não é recomendado.

A relevância da perde de peso não é considerada suficiente para que se diga que o medicamento colabore para o emagrecimento.

Não há pesquisas científicas que apontem esse efeito positivo, assim a mesma não pode ser considerada como um remédio para emagrecer.

Além disso, o seu uso irrestrito ou sem a finalidade de controle de doenças cardiovasculares pode levar a muitas contraindicações, como a anemia, diarreia, pancreatite (inflamação no pâncreas), urticária, dor abdominal entre outros efeitos não recomendados.

sinvastatina emagrece
(Foto: Dieta Já)

Saiba também: Sertralina: para que serve, bula, efeitos, como tomar

Como tomar

A ingestão de sinvastatina deve ser orientada por um médico especialista. O medicamento deve ser prescrito ao paciente quando enquanto o seu quadro clínico é acompanhado por um profissional.

Em muitas vezes, a sinvastatina é prescrita para ser tomada uma vez ao dia, no período da noite, para que o medicamento tenha o seu tempo de atuação prolongado durante um longo período de repouso, reforçando seus efeitos positivos.

Entretanto, cada médico poderá recomendar o seu uso de acordo com o paciente em questão. A dosagem inicial da sinvastatina pode ser de 10mg ou 20mg, tendo comprimidos que chegam aos 40mg.

As doses diárias podem conterá mais de um comprimido, mas no total, não se deve ingerir mais de 80mg do composto por dia.

Efeitos colaterais do remédio

Como qualquer outro medicamento, a sinvastatina também tem seus efeitos colaterais naturais por conta da sua atuação no corpo.

Todos eles estão descritos em sua bula, e envolve, na maioria dos casos, fraqueza muscular, tontura, perda de apetite, e dor no abdômen.

Ademais, a sinvastatina não é recomendada para pacientes que possuem alergia a amido, ácido cítrico ou ácido ascórbico.

Também não são indicados a mulheres grávidas ou lactantes, pessoas com que fazem uso de coquetéis para HIV, remédios antifúngicos ou para hepatite C.




Sinvastatina – Bula, Para Que Serve, Como Tomar, Efeitos Colaterais
Avalie!