Cloridrato de Ranitidina, Para que serve?

O Cloridrato de Ranitidina pode ser usado na prevenção de doenças e no tratamento contra refluxo de ácido e também na causa de desconforto, ânsia e indigestão estomacal

Escrito por -


Cloridrato de Ranitidina, Para que serve? Contra indicação, Posologia e Dosagem recomendada:

A Ranitidina tem como função ser usado em tratamentos de úlcera (feridas no revestimento interno do esôfago ou estômago) e também no tratamento da esofagite. Também pode ser usado na prevenção da doença e no tratamento contra refluxo de ácido e na causa de desconforto, ânsia e indigestão estomacal.

Doenças como Síndrome de Zollinger-Ellison, utilizam o cloridrato de Ranitidina para tratar a acidez gástrica e os tumores das células do pâncreas evitando sintomas como hiporexia (perda de apetite), dores abdominais além de refluxo e vômitos com sangue.



A ação esperada relacionado a Ranitidina é a sensação de bem estar, o controle da doença e cicatrização das feridas e da úlcera pépticas do estômago, causando prevenção contra o avanço da doença.

Foto: Timesofeducation
Foto: Timesofeducation

Contra indicação:

Antes de qualquer medicação é necessário consultar o médico responsável pelo seu tratamento para evitar pioras no quadro ou algum tipo de reação alérgica com o tratamento do Cloridrato de Ranitidina. Caso você seja gestante, esteja amamentando ou tem pretensão de engravidar, não faça o uso do medicamento. O mesmo é indicado para caso de cirurgia ou tratamento oftalmológico. A mesma indicação é valida para pessoas com insuficiência renal, doença pulmonar crônica e diabetes.

Leia também: Floratil pediátrico e adulto – Bula, Para que serve

Para pacientes com uso de medicamentos contínuos, antes de fazer uso do Cloridrato de Ranitidina, apresente para seu médico a bula ou caixa do remédio ao qual faz uso, para que seja verificada a possibilidade de interagir outros remédios e para ser feito o ajuste na dosagem evitando possíveis reações adversas.

Foto: Saisdaterra
Foto: Saisdaterra

Posologia e Dosagem recomendada:

Esse tipo de medicamento é recomendado para adultos.
No caso de tratamento agudo de úlcera, o recomendado é 150 mg duas vezes ao dia, em outros casos, o médico recomenda apenas uma dosagem de 300 mg antes de dormir. Para casos mais graves como a úlcera duodenal ( Duodeno é a primeira parte do seu intestino delgado) e para esse caso o recomendado é dobrar a dosagem      para 300 mg duas vezes ao dia.

Existem também tratamentos de longo prazo que vão de acordo com o tipo de doença, tamanho do ferimento e atingem principalmente pessoas que fazem o uso do tabagismo (fumantes), onde geralmente a frequência de reincidência de úlcera duodenal é maior.
Doenças como Síndrome de Zollinger-Ellison, Dispepsia episódica crônica e Tratamento agudo, a dosagem inicial é sempre 150 mg duas vezes ao dia, sendo alterado após duas semanas de acordo com a evolução do tratamento e o acompanhamento médico. Fique sempre atento a superdosagem do Cloridrato de Ranitidina, e em caso de dúvidas ou reações adversas, consulte sempre o médico de sua confiança.

Baixe aqui bula Cloridrato de ranitidina




Cloridrato de Ranitidina, Para que serve?
Avalie!