Bromoprida: Para que serve

As principais indicações do Bromoprida são o alívio das náuseas, vômitos e refluxos decorrentes causados por diversas circunstâncias

Escrito por -


Entenda melhor sobre o medicamento Bromoprida – Para que serve, indicação e bula:

O Bromoprida é um medicamento produzidos pelos laboratórios Medley. Esse medicamento pode ser definido como um antiemético, regulador da motricidade gastroduodenal. Uma das suas funções é estimular peristaltismo gástrico a partir do centro, essa ação faz com que ocorra um esvaziamento do estômago.

Sua atuação primária acontece na zona desencadeadora quimiorreceptora mas, em uma intensidade menor, também pode atuar na zona de vômito. Saiba mais sobre os efeitos colaterais do medicamento Bromoprida, além da sua bula e principais indicações.



Bromoprida – Para que serve, indicação, bula

As principais indicações do medicamento Bromoprida são o alívio das náuseas, vômitos e refluxos decorrentes causados por diversas circunstâncias. Também pode ser utilizado como tratamento auxiliar de má digestão (dispepsia), úlcera gastroduodenal, gastrite e síndrome do intestino irritável.

Bromoprida para que serve
Foto: MaxiFarma

Sua composição, tendo como referência a solução oral em gotas de 4mg/mL – em um frasco de 20mL –  pode ser descrita da seguinte forma:

Para cada mL de solução oral:

  • Bromoprida – 4 mg
  • Veículo q.s.p. – 1 mL

(Metabissulfito de sódio, metilparabeno, propilparabeno, sacarina sódica dihidratada, edetato dissódico di-hidratado, ácido clorídrico, água purificada) Cada 1 mL de bromoprida solução oral equivale a 24 gotas e 1 gota equivale a 0,17 mg.

Para que serve o Bromoprida

Bromoprida ainda é indicado para cólicas e espasmos. Também pode ser utilizado como facilitador de procedimentos radiológicos do trato gastrintestinal. Sua principal ação é estimular o movimento do tubo digestivo. Seu tempo médio de ação é de 1 a 2 horas após a administração do medicamento por via oral.

Bromoprida
Foto: Telegraph

É importante lembrar que o seu uso deve ser feito com cautela em crianças, gestantes, idosos, pessoas que sofrem de glaucoma (aumento da pressão intraocular), diabetes, doença de Parkinson, insuficiência dos rins, além de pressão alta. Essa cautela também deve persistir caso o paciente em questão tenha apresentado uma alergia anterior à neurolépticos (medicamentos antipsicóticos).

Efeitos colaterais do medicamento Bromoprida

Existem alguns efeitos colaterais possíveis derivados do uso do medicamento Bromoprida. Os mais comuns incluem inquietação, sonolência, cansaço e lassidão (também conhecida como a diminuição de forças, esgotamento).

Outros efeitos possíveis, mas não tão comuns, incluem: insônia, dor de cabeça, tontura, náuseas, sintomas extrapiramidais (esses são relacionados à coordenação dos movimentos), galactorreia (uma espécie de produção de leite excessiva ou inadequada), aumento das mamas em homens, erupções cutâneas, incluindo urticária ou distúrbios intestinais. Essas reações devem ser informadas ao médico ou farmacêutico responsável pela administração e indicação do medicamento.

Bula

Bula Bromoprida