Albendazol – Bula, Indicação

O Albendazol age de forma a deformar o parasita, impossibilitando a sobrevivência do mesmo dentro do corpo humano.

Escrito por -


O medicamento Albendazol é utilizado para o tratamento de parasitas e vermes no intestino. Vamos verificar abaixo quais suas indicações, média de preço, posologia e possíveis efeitos colaterais. 

Albendazol – Bula, indicação, preço

O Albendazol é um medicamento que combate os parasitas intestinais, também conhecidos como vermes, e suas infecções.

De acordo com a bula deste remédio, a composição contém os seguintes materiais:



  • Água deionizada, amido, amidoglicolato de sódio, aroma de laranja, aroma de baunilha, celulose microcristalina, corante amarelo crepúsculo, dióxido de silício coloidal, estearato de magnésio, laurilsulfato de sódio, hipromelose e macrogol, povidona, sacarina diidratada sódica.
remedio albendazol
(Foto: Divulgação)

Os preços variam de acordo com as versões encontradas, que são:

  • Comprimidos mastigáveis de 400mg, caixa com 3 – de R$ 7,70 a R$ 12,70;
  • Comprimidos mastigáveis de 400mg, caixa com 5 – de R$ 12,92 a R$ 21,28;
  • Comprimidos mastigáveis de 400mg, caixa com 1 – de R$ 2,79 a R$ 4,59;
  • Frasco de 400mg/ml com 10ml – de R$ 1,86 a R$ 2,87. 

Leia também: Flavonid – Bula, Para que serve

O remédio Albendazol serve para que?

O medicamento serve para tratar as infecções causadas por parasitas do intestino, causando uma ação imobilizadora que impede a proliferação dos mesmos, seguida de sua morte, quando o organismo o expele.

Os parasitas que são afetados pelo medicamento são:

  • Ascaris lumbricoides;
  • Trichuris trichiura;
  • Enterobius vermiculares;
  • Ancylostoma duodenale;
  • Necator americanus;
  • Taenia spp ;
  • Strongyloides stercoralis.

A posologia vai variar de acordo com o tipo de parasita, e se o paciente é adulto ou criança, variando entre dose única a até 5 dias de tratamento, com uma dose por dia. Para saber a posologia adequada, procure um médico.

remedio para verme
(Foto: Dicas sobre saúde)

É importante lembrar que o medicamento não deve ser consumido por grávidas ou tentando engravidar, mesmo quando há a suspeita de gravidez. Para mulheres, é bom não consumi-lo durante o período menstrual, esperando 7 dias após seu início para fazer uso. 

Saiba mais sobre: Azitromicina Di-Hidratada – Bula, Posologia

Quais os efeitos colaterais do Albendazol?

A maioria dos efeitos colaterais do medicamento aconteceu entre 0,01% a 1% dos pacientes. Os principais efeitos são:

  • Dor de estômago ou abdominal;
  • Dor de cabeça;
  • Vertigem;
  • Enjoo;
  • Vomito;
  • Diarreia;
  • Alergias;
  • Elevações de algumas enzimas do fígado;
  • Vermelhidão na pele;
  • Síndrome de Stevens-Johnson, com vermelhidão intensa, pele descamada e lesões, com sintomas graves em todo o organismo;

Apresentando qualquer um desses efeitos, deve-se interromper o uso do remédio Albendazol e procurar imediatamente um médico.




Albendazol – Bula, Indicação
Avalie!